Opinião. 1 Mar 2010

Vantagens em programar com recurso a bibliotecas

Quando se fala em bibliotecas no mundo da programação referimo-nos a um conjunto de funções agregadas num só ficheiro que permitem aos programadores fazer mais no processo de desenvolvimento com recurso a menos linhas de código, o que optimiza tempo, recursos e custos.

Enquanto programador sinto necessidade de me manter actualizado de forma a poder desenvolver os projectos que me são atribuídos da melhor maneira possível.

Antes de qualquer projecto chegar ao meu ambiente de trabalho há um processo criativo do qual faço parte. O design de cada página tem sempre em conta as potencialidades da programação. Só através de um trabalho coordenado entre designers e programadores é possível apresentar páginas cuidadas, funcionais e visualmente interessantes.

Para conseguir tais resultados existem actualmente diversas bibliotecas que permitem optimizar o tempo de desenvolvimento. JQuery e Prototype são dois dos conjuntos de bibliotecas com diversas funções que permitem tornar uma página mais dinâmica, visualmente mais atractiva e, em última instância, uma fonte de retorno para o Cliente.

Um "Slideshow" de fotografias ou um carrinho de compras com a possibilidade de "arrastar - soltar" e formulários dinâmicos são apenas alguns exemplos das diversas potencialidades destas bibliotecas, que permitem que o website adquira uma interface mais "user friendly" em tudo semelhante ao que estamos habituados em ambientes de Sistemas Operativos como o Windows, MacOS ou baseados em Linux.

Dito isto, um website não deve ser encarado apenas como um meio para divulgar informação, mas antes um meio de agregá-la e colocá-la ao alcance de novos Clientes. Com estas bibliotecas o processo tornou-se mais dinâmico, dando ao design mais liberdade no processo criativo, ao programador uma óptima ferramenta e ao Cliente um produto visual e funcionalmente atractivo, que potencia um aumento à sua visibilidade no mercado.

Ricardo Lage