Opinião.17 Fev 2011

Software Comercial VS Software por Medida

Para quem trabalha com sistemas informáticos, é comum encontrar-se limitações ao nível do software.

Quando compramos um determinado produto nem sempre são avaliadas todas as suas potencialidades, e os problemas nem sequer são mencionados. Muitas vezes só nos damos conta das suas limitações através do seu uso.

A vantagem de comprar um determinado software vendido para todo o mercado é, sem dúvida, o preço. O que nem sempre significa um ganho efectivo na produtividade da empresa. Um dos principais problemas é que o produto poderá ser demasiado genérico para o mercado para o qual foi desenvolvido, tornando-se demasiado complexo em alguns casos, e demasiado simples noutros.

É nestas situações que o software por medida pode ajudar. O facto de ser um software desenvolvido para uma função, alinhado com especificações claras e comunicação entre quem desenvolve e quem utiliza, cria, desde logo, uma situação benéfica para ambas as partes.

O processo de desenvolvimento torna-se mais simples quanto maior, e mais pertinente, for o número de informações prestadas. Para a entidade contratante, o produto apresentará a solução para as lacunas evidenciadas, além de tornar os processos de facturação, gestão, ou outros, ainda mais simples.

Ricardo Lage