Sites Sincronizados

Opinião. 7 Nov 2013

Sites sincronizados com dispositivos móveis

No dia-a-dia a maioria das pessoas visualiza vários tipos de conteúdos em diferentes dispositivos de ecrã, sejam eles smartphones, computadores (desktops e portáteis), tablets ou televisões.
Num estudo realizado pela Google, descobriu-se que 90% das pessoas interagem simultaneamente com vários dispositivos para completar uma tarefa. Por exemplo, o estudo mostra que a conclusão de uma tarefa, como a de reservar um bilhete de avião, não acontece normalmente através de um só dispositivo.

A verdadeira mobilidade surge quando se tem acesso a qualquer informação, independentemente do sitio onde se está ou do dispositivo usado. Através da sincronização o utilizador pode usufruir dessa mobilidade, daí que se note uma mudança de comportamento para o funcionamento multi-screen.
A sincronização permite a integração de todos os dispositivos de ecrã com os nossos conteúdos facilitando o acesso, por exemplo, aos nossos documentos de trabalho através do nosso smartphone ou tablet pessoais.

Essa integração pode ter grande potencial. Além de permitir a partilha de ficheiros guardados localmente, permite a interação de jogos/aplicações web entre os dispositivos e também permite controlar diferentes plataformas através, por exemplo, do uso de um smartphone.
Apesar de algumas empresas já explorarem este tipo de interação (ex: Muzzley e Brass Monkey), só agora é que se começa a ver mais experiências relacionadas com sites sincronizados com dispositivos móveis, na sua maioria jogos.

AQUI FICAM ALGUNS EXEMPLOS

Chrome Super Sync Sports
Este é um jogo que usa o tablet e/ou smartphone como comando/controlador. O objetivo é simples: correr, pedalar ou nadar mais rápido que os nossos adversários. Os requisitos necessários para podermos jogar é que podem ser um pouco desanimadores, já que o "Super Sync Sports" só está disponível para o Chrome V15 e superior, e para dispositivos Android 4.0+ e IOS 4.3+. Ver vídeo de apresentação.

Diplomatic-Cover

Experiência de navegação multi-screen. Através do nosso smartphone é possível navegar pelo site. Para uma navegação "normal" é só escolher a opção "classic navigation".

Roll It

Esta é uma versão digital do jogo "Skee Ball", um jogo similar ao bowling onde o objetivo é recolher o maior número de pontos, atirando uma bola e fazendo-a cair nos vários buracos de pontuações diferentes. Mais uma vez é preciso ter o Chrome no smartphone e no PC para jogar. Ver vídeo de apresentação.

Cheetahpult

Esta é uma campanha bastante interativa da marca "Cheetos". Transformaram um anúncio de televisão num jogo que corre no YouTube. A ideia é atirar os novos "Cheetos Mix-Ups", fazendo pontaria a determinadas zonas do cenário para ganhar pontos. Funciona através do smartphone ou do rato. Ver vídeo de apresentação.

Racer

Este é um jogo de corrida onde os dispositivos móveis ficam alinhados (máx. 5) formando assim a pista de carros. Nesta pista, os vários carros coloridos correm para vencer, de ecrã em ecrã, de dispositivo para dispositivo. A música é também um aspeto importante no seu desenvolvimento. A sua composição ficou a cargo de Giorgio Moroder, produtor de algumas músicas para filmes como Scarface e Flashdance. À medida que novos jogadores entram no jogo a música apresenta novos sons e ajusta-se quando o jogador acelera, trava, colide ou desliza para fora da pista. Ver vídeo de apresentação. Ver making of.

World Wide Maze

Esta experiência transforma qualquer site num labirinto 3D. Pode ser controlado através do nosso smartphone ou através do nosso PC (setas). O objetivo é fazer rolar a bola através do labirinto criado. Ver vídeo de apresentação.

Catarina Acúrcio