SAPO - Nova Imagem

Opinião. 9 Out 2014

SAPO - Nova Imagem

Na passada semana, dia 1 de Outubro quarta-feira, o SAPO ganhou uma nova imagem e novos serviços de conteúdos.
Desde o ano em que foi fundado, em 1995, o SAPO cresceu e como não poderia deixar de ser ao longo destes 19 anos já sofreu várias mudanças. O portal foi adicionando serviços (sites temáticos, Sapo mail, Sapo blogs, vídeos...), internacionalizou-se (Angola, Cabo Verde, Moçambique, Timor-Leste), apoiou e organizou eventos (prémios Sapo, Codebits...), tornou-se interativo, virou mobile e ainda potenciou alguns projetos em parceria (Sapo labs). Enfim, mudou!

Agora quase no final de 2014, a marca SAPO é renovada pela própria equipa criativa e nem o tão conhecido batráquio escapou. Esta mudança é certamente uma das mais profundas e por isso mesmo existe um site que explica em detalhe algumas particularidades desta transformação - Marca SAPO

A nova estratégia tem como objetivo reforçar a presença da marca em Portugal mas tem principalmente os olhos postos no futuro e nas possibilidades além-fronteiras.
Há muito tempo que o SAPO deixou de ser só um portal, pois agrega não só uma diversidade de conteúdos/serviços como também desenvolve tecnologia. Foi esse lado mais tecnológico que a meu ver pesou na escolha desta renovação. É verdade que se perdeu um sapo "mais humano", como já vi alguns utilizadores dizerem, mas tornou-se mais global e menos "infantil" (imagem 01). Discordo com a maioria dos comentários que referem nem ver ali um sapo ou que são simplesmente avessos a qualquer mudança com relação à imagem da marca. Agora sim, o SAPO comunica como um líder tecnológico e inovador que é.

O novo logótipo (ver manual de normas da marca) apresenta-se mais moderno, maduro, criativo e flexível a vários suportes. O símbolo possui linhas simples e geométricas, construídas através de polígonos. As várias notícias que li referem que a nova imagem faz lembrar um boneco de origami mas a mim lembra-me logo a técnica de Low-Poly (imagem 02). Processo originalmente usado para criar modelos e cenários 3D para jogos, pois a consequente baixa de resolução poligonal acelerava a velocidade de renderização. Agora este método é muito usado como prática na criação de ilustrações. Existem nomeadamente vários tutoriais a explicar como conseguir um look Low-Poly. Tal como nesta técnica, o símbolo do SAPO não tenta imitar a realidade, é mais abstrato capturando apenas a essência do "objeto" ao invés de o representar da forma mais realista possível.

Quem já tenha adquirido uma impressora 3D pode inclusive imprimir o batráquio. Não é qualquer sapo que tem o seu modelo para impressão. Basta fazer o download na página, ou ficar pelo vídeo de demonstração.

Além da mudança de imagem da própria marca, o SAPO aproveitou e alterou também o design do portal, apresentou uma nova secção - Lifestyle e redesenhou o Sapo Jornais e Sapo Blogs. Este Lifestyle é um novo agregador de conteúdos de moda, saúde, astrologia, lazer... desenvolvidos com a colaboração de cerca de 40 parceiros.
Quanto à nova interface do portal, as primeiras impressões dos utilizadores não são consensuais. Muitos acham que ficou mais confuso, com pouco destaque entre áreas e demasiado "clean". Outros aceitam com mais positivismo a mudança e dizem que é tudo uma questão de hábito. Uma coisa é certa, só com a contínua navegação é que se pode aferir o que melhorou ou piorou na usabilidade do portal de modo a fazerem-se os diversos ajustes, por parte da SAPO, caso necessário.
O que é indiscutivelmente melhor é a versão responsive. Não fazia sentido nenhum que a marca com um histórico de liderança e inovação tecnológica tivesse uma versão mobile ao invés de ter uma só versão para todos os dispositivos.

Esta nova vida do SAPO, segundo o seu diretor Celso Martinho, está só no início e garante novos lançamentos na área de conteúdos e de e-commerce. O presidente da PT Portugal, Armando Almeida adiantou "The best is yet to come", será?! Vamos esperar para ver...

IMAGENS
01 - Logótipo SAPO (depois/antes)

Catarina Acúrcio