Raspberry Pi

Opinião. 8 Jun 2012

RASPBERRY PI - um pequeno computador com grande potencial

Raspberry Pi poderia ser uma variedade de saborosas Framboesas mas não é. Trata-se sim de mais um produto tecnológico com nome derivado de frutos silvestres. O "Pi" provém da linguagem de programação "Python" cuja razão para o nome deve-se à série Monty Python (a intenção era que a linguagem de programação fosse divertida, tal como a série). Este produto com nome de fruta é na verdade um computador, começou a ser comercializado a 29 de Fevereiro deste ano e rapidamente se tornou um sucesso de vendas, tendo o stock esgotado rapidamente.

Desenvolvido no Reino Unido pela Fundação de caridade Raspberry Pi trata-se de um mini-computador do tamanho de um baralho de cartas e é o mais barato do mundo: a versão básica (Modelo A) custa 25$ enquanto que o modelo mais sofisticado custa 35$ (Modelo B). Das diferenças entre as duas versões a que mais se destaca é a existência de porta para cabo de rede presente no Modelo B.

Este mini-computador foi concebido com o intuito de ser um produto acessível e útil à educação, tornando menos monótonas aulas de tecnologias de informação e comunicação. Desta maneira pretende-se incentivar os alunos a programar e a familiarizarem-se com o modo como um computador processa dados e executa funções. Tudo a um preço acessível. Nas palavras dos criadores: "We want to see cheap, accessible, programmable computers everywhere (…) We want to break the paradigm where without spending hundreds of pounds on a PC, families can't use the internet". Espera-se que o Raspberry Pi esteja disponível para o mercado educacional no final deste ano.

Para ser possível a utilização deste computador são contudo necessários os periféricos básicos: devemos possuir uma corrente de 5V proveniente de fonte de alimentação ou de cabo USB (ligado a outro computador), monitor, cartão de memória SD, teclado e opcionalmente um rato. Possui 256Mb de memória e o sistema operativo é baseado em Linux. Além da porta de ethernet existem também outras diferenças de hardware entre os dois modelos.

A fundação Raspberry Pi já se comprometeu também a produzir um módulo de câmara (de 14 megapixels) que poderá ser adicionalmente comprado e conectado ao computador através de um cabo flat.

Mais que um esperado sucesso educacional o Raspberry sobressai neste momento pelo sucesso comercial e tudo aponta para que o mesmo aconteça no ramo profissional devido à versatilidade do produto, preço acessível e consumo de energia reduzido.

No entanto como é costume a concorrência não se fez esperar e a Intel já avançou a notícia de que irá produzir o seu próprio computador ultra-compacto, o Next Unit of Computing (NUC). O preço será mais elevado que o do Raspberry Pi (irá custar cerca de 100$) mas terá a vantagem de correr Windows.

Não esquecer que a Apple já tinha também avançado na área dos mini-computadores com o seu Mac Mini, embora este não concorra diretamente com o Raspberry Pi ou com o Intel NUC devido às suas características e ao seu preço muito mais elevado (ronda os 500$ aproximadamente).

Como referido o Raspberry Pi promete ser um computador bastante popular tanto na vertente educacional como também nas vertentes pessoal e profissional. Ele poderá ser aplicado de diversas maneiras com o intuito de desempenhar diferentes funções. É possível tornar "mais inteligentes" algumas divisórias da nossa casa com recurso a este artefacto, necessitando para isso de alguma paciência, conhecimentos de programação, e investimento em periféricos. Desta maneira o Raspberry Pi permite-nos substituir um ou vários componentes de sistemas tecnológicos (uns mais simples tais como uma moldura digital outros mais complexos como por exemplo um sistema de vigilância) e consequentemente poupar dinheiro.

Eis uma lista de possíveis utilizações deste mini-computador:

  • Servidor de Webcam;
  • Servidor de Media;
  • Mini servidor de Web;
  • Servidor FTP;
  • Servidor de Proxy
  • Firewall;
  • TV web browsing;
  • Moldura digital;
  • Computador de Cyber Cafe;
  • Mini-projetor;
  • Controlador de ecrã LED (anúncios publicitários por exemplo);
  • Rastreio posicional de veículos (usando um modulo de GPS);
  • Chat de Vídeo;
  • Emulador de jogos (para recriar uma máquina de arcada por exemplo);
  • Sistema de alarme;
  • Câmera de segurança; 

Perspetiva-se que um pequeno aparelho como o Raspberry Pi possa efetivamente provocar uma grande alteração no mercado das novas tecnologias e na maneira como nos servimos delas, estimulando a criatividade individual e viabilizando uma menor dependência de produtos que nós próprios podemos recriar manualmente.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Tony Oliveira