Pinterest

Opinião. 3 Mai 2012

Pinterest, a Rede Social do Momento

Criada por Ben Silbermann, ex funcionário da Google, a rede social Pinterest foi lançada em maio de 2010 em versão beta fechada. Tal como em outros serviços já nossos conhecidos apenas podia criar conta quem era convidado.
Neste momento o Pinterest encontra-se "aberto" ao público apesar de ser necessário solicitar um convite, através da rede social, que depois é enviado para o email.

Se no primeiro ano de existência esta foi uma rede social da qual não se ouvia falar a verdade é que, depois de Ben Silbermann ter contactado diretamente com alguns utilizadores e ter questionado as razões da fraca expansão do Pinterest, é em 2011 que esta rede social dá um salto e se torna num fenómeno agora falado por toda a parte.

Esta rede social conta já com mais de 10 milhões de utilizadores, em agosto de 2011 foi considerada pela revista "Time" como um dos "50 Melhores sites de 2011"; em dezembro do mesmo ano, tornou-se um dos "10 maiores serviços de rede social", segundo dados da Hitwise, com 11 milhões de visitas totais por semana. Em 2012 foi eleita a melhor startup de 2011 pelo TechCrunch e segundo dados da comScore obteve um total de 11,7 milhões de usuários únicos, tornando-se o website mais rápido da história a ultrapassar a marca de mais de 10 milhões de visitas únicas. Há 2 dias foi um dos vencedores dos Webby Awards (considerados os Óscares da internet, que destacam o melhor da web em cada ano em votação direta dos cibernautas), na categoria de BEST VISUAL DESIGN - FUNCTION. "16th Annual Webby Awards Nominees & Winners"

Neste momento aqueles que ainda não conhecem o Pinterest estão a perguntar-se, então o que tem esta rede social de tão especial?

O Pinterest é uma rede social para partilha de imagens e vídeos baseada no conceito de "quadro de cortiça virtual".
Lembram-se daqueles quadros de cortiça que quase todos nós tivemos nos quais colocávamos as várias fotos e recados que queríamos guardar como recordação, ver sempre que nos apetecesse e também mostrar a quem fosse a nossa casa?

O Pinterest permite ao utilizador organizar em quadros temáticos (boards) as imagens (pins) que encontra enquanto navega pela internet ou imagens próprias que queira partilhar com outras pessoas. Através da instalação no browser do botão "Pin It" o utilizador encontra a imagem num qualquer website e pode escolher na altura em que "board" a quer colocar na sua página no Pinterest.
As imagens apresentam-se divididas em coleções que nada mais são do que os diferentes interesses de uma pessoa, possibilitando assim a ligação com pessoas de todo o mundo, diferentes mas com gostos semelhantes em determinada área.
As imagens colocadas nos boards apresentam sempre a referência da fonte e o link para a mesma gerando desta forma links para os websites.
É também possível repartilhar imagens de outros utilizadores e colocá-las nas nossas coleções, mantendo sempre a fonte original da imagem.

Tal como em outras redes sociais é possível comentar e gostar de uma página, mas um utilizador pode gostar apenas de um "board" temático de determinada pessoa sem ter de gostar da página desta.

A vertente Social não é descurada e por isso o Pinterest está ligado ao Twitter e Facebook. É possível fazer gosto ou tweetar automaticamente algo que se está a ver no Pinterest. Estas redes agradecem o sucesso do Pinterest uma vez que este canaliza bastante tráfego para os mesmos.

Para as marcas o Pinterest apresenta-se como uma montra virtual, onde estas podem divulgar os seus produtos dividindo-os por categorias por exemplo e o utilizador ao clicar num dos produtos é levado diretamente para a página desse produto no website da marca podendo adquiri-lo sem perder mais tempo com pesquisas.
Com uma maioria de utilizadores do sexo feminino, esta rede social é já responsável por levar mais visitas aos websites das marcas que aderiram a ela do que o Youtube, Google+ e Linkedin juntos.

Apesar desta rede social não apresentar de todo um conceito novo os utilizadores defendem que o Pinterest não é só Boards e Pins. A organização dos elementos por boards temáticos torna a navegação, interligação e troca de experiências prática e intuitiva.

O sucesso desta nova rede social mostra que o público continua a dar grande relevância ao conteúdo mas gosta que este seja apresentado de forma simples, arrumada e bonita.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Vera Libânio