Opinião.14 Jul 2016

Performance - Sites mais rápidos

Existem inúmeros estudos que realçam a importância da velocidade dos sites na experiência dos utilizadores. A tendência é existirem sites cada vez mais rápidos e o porquê é simples, ninguém gosta de esperar especialmente quando é tão fácil navegar e encontrar outras alternativas.


O QUE É O TEMPO DE CARREGAMENTO DE UMA PÁGINA?

De forma resumida, é o tempo que o browser leva a fazer o pedido ao servidor sobre uma determinada página, e o tempo que o mesmo demora a devolver esse pedido e a renderizar. A velocidade varia consoante alguns fatores que podem ou não depender de quem desenvolve o site.
Por exemplo:

  • Servidores de alojamento;
  • Bandwidth - largura de banda;
  • Latência - tempo necessário para fazer ping;
  • TCP Slow Start - controlo de envio de pacotes data de forma exponencial para proteção do servidor e browser;
  • Pedidos paralelos dos browsers ao servidor - redução da congestão de tráfego nos webservers;
  • Entre outros...


PORQUE É IMPORTANTE MELHORAR A VELOCIDADE DO MEU SITE?

  • Aumenta a taxa de conversões - Recentes experiências, conduzidas pelo Financial Times, concluíram que durante o período de testes os utilizadores leram menos artigos/dia consoante o tempo de atraso a carregar as páginas (1, 2 e 3 segundos de atraso). Ou seja, se cada pessoa que visita o seu site experienciar alguma demora no carregamento de conteúdos, provavelmente vai perder um visitante e potencial Cliente.
  • Beneficia a indexação em motores de pesquisa - No que diz respeito ao sistema de Crawling do Google, existe uma pequena parcela que leva em conta a velocidade do site. Segundo John Mueller - Webmaster Trends Analyst da empresa, existem casos onde o tempo de resposta aos pedidos é extremamente alto (às vezes, mais de 2 segundos por URL). Como resultado foram limitados o número de URL's que o Google rastreia e isto pode afetar negativamente a forma como o seu site é indexado.
  • Diminui a taxa de rejeição - A taxa de rejeição refere-se à percentagem de visitantes que clicam no botão "Voltar" ou que fecham a janela depois de terem visitado a página. Conteúdos que demoram muito tempo a carregar propiciam uma maior taxa de rejeição, pois qualquer pessoa fica rapidamente frustrada e desinteressada face ao tempo de espera.
  • Aumenta a satisfação dos utilizadores - Sites mais rápidos fazem utilizadores mais felizes e aumentam as hipóteses de ter Clientes satisfeitos e recomendações positivas. Alguns segundos de diferença no carregamento de páginas pode significar perdas significativas.


COMO SABER SE O SEU SITE É LENTO?

Existem ferramentas que ajudam a identificar aspetos que contribuem para o carregamento de páginas mais lento. Cada ferramenta responde a diferentes questões e testa vários parâmetros de desempenho de maneiras diferentes, por isso, ao utilizar de forma combinada várias ferramentas, é possível chegar a resultados mais precisos para elaborar estratégias de otimização de velocidade.
Aqui ficam alguns avaliadores de desempenho:


COMO TORNAR O MEU SITE MAIS RÁPIDO?

Depois de analisar o site vai chegar à conclusão que existe sempre algo a melhorar. Há alguns passos que podemos seguir de forma a diminuir alguns segundos no tempo de carregamento das páginas:

  • Otimizar as imagens - diminuir o seu peso e repensar a utilização das mesmas em iconografia. Existem inclusivamente ferramentas de compressão de imagem para reduzir o seu tamanho (ex: TinyPNGJPEGmini) e várias ferramentas para criação de fontes iconográficas (ex: Font AwesomeIcomoon);
  • Evitar o uso de imagens para dar estilos ao layout - estes devem ser dados por regras de css (ex: css gradient);
  • Otimização de fontes - evitar o uso excessivo de fontes que não são de sistema;
  • Compressão GZIP - compressão de 70 a 80% de ficheiros do lado do servidor;
  • Minificação de ficheiros - remoção de carateres desnecessários em ficheiros de CSS e JavaScript (produção);
  • Guardar ficheiros em cache - o ficheiro fica guardado no dispositivo evitando um pedido desnecessário ao servidor. É recomendado ter um sistema de controle de versões (ex: git);
  • Evitar pedidos externos - qualquer pedido que seja feito a um servidor externo vai atrasar o carregamento da página. Os counters de redes sociais e publicidade excessiva são bons exemplos do atraso que podem causar no carregamento da página;
  • Otimização de base de dados - arquitetura e queries;
  • Lazy Loading - carregamento gradual de informação.

Deixo aqui alguns vídeos que explicam um pouco as questões aqui abordadas:
What is your Page Load Time?
Site Performance For Webmasters

Catarina Acúrcio