Opinião.14 Mar 2013

One Small Step

Um pequeno passo. Este tem sido o lema da One Small Step. Pequenos passos, bem medidos, bem pensados, sempre com o objetivo de avançar e ao mesmo tempo de minimizar o risco de ter de voltar para trás.

Pelo caminho encontrámos a Vera, a Catarina, o Ricardo, o Tony, o Nuno e o Hugo. Tudo pequenos passos que nos permitiram crescer, evoluir, criar oportunidades e enfrentar esta turbulência em que o país se viu envolvido com um sorriso nos lábios e com o sentimento de confiança.

Não posso deixar de me sentir orgulhoso pelo caminho que já percorremos. Primeiro a dois, neste momento a oito e com vontade de crescer ainda mais. Estou a escrever este post e estou-me a lembrar dos primeiros tempos, dos primeiros projetos. Neste momento parece tudo distante e quase anedótico, mas há aqui uns cabelos brancos que me obrigam a admitir que na altura as coisas não foram tão engraçadas como me parecem hoje.

O caminho à nossa frente está longe de ser um passeio. Há sempre dificuldades e obstáculos a ultrapassar. Mas a forma como a One Small Step tem conseguido reagir a estes tempos de crise dá-me confiança que o caminho é o correto e que pequeno passo após pequeno passo continuaremos a avançar e a crescer.

Toda esta retrospetiva vem a propósito de um novo pequeno passo que a One Small Step deu esta semana. Está na altura de fazer as malas e de mudar de casa! A nossa Sala H está prestes a ser passado. Um passado cheio de boas recordações, de vitórias e sucessos e também de algumas tremedeiras. Mas passado. O futuro passa por um novo escritório, com uma nova envolvência, uma nova perceção para os nossos Clientes e Parceiros e uma nova, ou renovada, motivação para toda a equipa. E a vista é magnífica!

A Vera não me deixa dizer ainda para onde vamos mudar. Em breve, quando a mudança tiver data marcada, tudo será devidamente comunicado aqui no nosso site e também na nossa página do Facebook. Digo apenas que eu e o Jorge vamos concretizar um sonho com quase oito anos.

E concretizar sonhos obriga-nos a sonhar de novo, a projetar novos pequenos passos, a desejar novas conquistas e novos momentos que, como este, nos deixem felizes e orgulhosos! Tal e qual crianças com uma bola colorida nas mãos, a pular e a avançar.

Fernando Pina