Opinião.10 Abr 2014

Oikos Desafio 100

Quando procuramos temas para o Blog temos geralmente a preocupação de encontrar um assunto que, de algum modo, se relacione com a empresa e que envolva serviços ou tecnologia associada à internet por ser o nosso core business.

Mas desta vez, por coincidir com a nossa participação no evento da Oikos, impunha-se um Post sobre o assunto, em jeito de balanço. De certo modo a linha editorial que definimos para o Blog até acaba por se cumprir.

A iniciativa da Oikos dividia-se em duas fases, uma primeira que consistia na angariação de fundos para a causa e que passava pela criação de uma página na plataforma de crowdfunding http://ppl.com.pt/pt/prj/onesstep e pela criação de uma área dedicada na nossa página de Facebook https://www.facebook.com/onesstep/app_203351739677351, a segunda era uma prova física para promover a ação da Oikos e sensibilizar a sociedade civil dando visibilidade à causa.

A criação das páginas foi relativamente fácil por ser em grande parte a nossa área de atuação, algo que outros participantes tiveram aparentemente mais dificuldade. Já a angariação de fundos apresentou mais dificuldades, apesar de no final com a ajuda de Amigos e Clientes termos conseguido atingir o valor estipulado.

O mais difícil estava para vir, a prova física. Estávamos convencidos, na nossa ignorância de quem está pouco habituado a estas lides, que os 100km?s de caminhada entre a Lourinhã e o Estádio do Jamor não seriam fáceis, mas com determinação e uma abordagem moderada se fariam sem dificuldades de maior.

A estratégia que delineámos consistia em fazer o percurso em quatro etapas de 25km?s, percorridos por equipas de dois elementos. Distribuímos as equipas pelos diferentes percursos tendo em conta o grau de dificuldade de cada troço e a condição física de cada uma. Tínhamos também elementos que conduziam o carro de apoio e prestavam a indispensável ajuda nos pontos em que o trilho se cruzava com as estradas transitáveis. Foram incansáveis e estiveram sempre a tempo no local onde os esperávamos, em nome da One Small Step gostariamos de agradecer à Ana Rita e ao nosso colega Fernando Pina, fizeram toda a diferença!

Foi também no apoio que a tecnologia deu o seu maior contributo, apesar de também ter sido muito útil durante o percurso pedestre, por permitir seguir os "atletas" e estar no local certo à hora certa. Sem a aplicação GPSIES e o tracking da prova teria sido muito difícil dar o apoio necessário.

A mesma aplicação foi também uma ajuda preciosa para verificar e validar que nos mantínhamos no track certo, poupando o esforço adicional de percorrer trilhos à procura do caminho. Obrigado Oikos por fornecer estas ferramentas, pouparam certamente muita energia!

Apesar da maior ou menor dificuldade dos troços e da forma como as equipas o abordaram, todos chegaram o fim em menos tempo do que tinham imaginado inicialmente, alguns com mais mazelas que outros, mas todos com a sensação de missão cumprida e satisfação por terem conseguido. O evento funcionou também como ação de Team Building reforçando a ligação entre os colaboradores da empresa e só por isso já teria valido a pena.

Pela parte que me toca, gostei bastante. Ficam as memórias, do cansaço é certo, mas também dos momentos divertidos, das pessoas da organização e das paisagens junto à costa. Gostei tanto que estou a pensar fazer mais umas corridinhas para complementar o treino da bicicleta. Por isso, venha o próximo evento, quem se quiser juntar é livre de o fazer...

Aqui podem descarregar a aplicação GPSIES e o track do percurso:
http://www.gpsies.com
http://www.gpsies.com/map.do?fileId=gvlcaileksmdhlzf&referrer=trackList

Jorge Mendes