O Papel da Tipografia

Opinião. 8 Mar 2010

O Papel da Tipografia

A tipografia é um dos elementos mais complexos e importantes no trabalho de um designer.
O seu papel é fundamental na criação de uma linguagem visual própria e única, de forma a possibilitar às pessoas tornarem-se leitores e participantes nas mensagens que esta serve.

O que começou através da invenção dos caracteres móveis, de Johann Gensfleish, como moldes manuais para a fundição de letras soltas de chumbo transformou-se no que é agora um espectro infinito de possibilidades impressas e digitais.
De diferentes culturas e formas de pensar, modas e estilos que a crescente tecnologia possibilitou, surge-nos um vasto universo tipográfico.

Um projecto final de sucesso está sempre aliado à utilização cuidada dos elementos tipográficos. É importante conhecer a família de fontes e sua classificação para conseguir alcançar uma melhor interpretação da mesma. Qual o tipo, o estilo de letra, o estilo da caixa, o tamanho da letra, a entrelinha e o alinhamento são alguns dos factores a ter em conta.
As regras que nos ajudam a definir técnicas e formas de trabalhar não são rígidas mas servem para guiar os designers e facilitar a legibilidade da mensagem final.
Cada designer tem disponível um leque infindável de fontes, mas é comum existirem tipos preferidos, normalmente categorizados como os mais influentes e notórios.
Pessoalmente não dispenso alguns tipos, como o caso da família Helvetica (Max Miedinger), Bodoni (Giambattista Bodoni), Centaur (Bruce Rogers), Garamond (Claude Garamond), Lucida (Charles Bigelow), entre poucas outras.

Sendo a tipografia uma das artes visuais tradicionais utilizadas como parte integrante da comunicação, e sendo o designer um mediador entre sociedade e seus reflexos visuais, é importante facilitar o elo de ligação entre o que se comunica e como se comunica de forma eficaz.

A imagem apresentada mostra 100 famílias tipográficas, algumas das mais populares e importantes de todos os tempos. Esta representação gráfica assemelha-se à tabela periódica dos elementos químicos, agrupando as diversas fontes por família e classificação tipográfica.

Source: BehanceNetwork

Catarina Acúrcio