Opinião.24 Mai 2013

Na palma das mãos

As aplicações móveis são um universo sem fim. Desde que tenhamos tempo e paciência suficientes para navegar e procurar o que desejamos, é provável que encontremos alguma coisa. Se não encontrarmos, também é possível continuar a procurar e encontrar ajuda para as desenvolver. Umas mais fáceis, outras nem tanto, mas a verdade é que as ferramentas estão lá. Tempo e paciência farão o resto.

Hoje queria apenas destacar algumas vantagens que, com certeza, já terão tido a oportunidade de verificar nas aplicações dos bancos. Porquê estas? Porque num mundo a alta velocidade, em que os negócios se fazem em minutos, também em minutos ou mesmo segundos se fazem pagamentos de serviços, transferências ou compras. São muitos os bancos que já disponibilizam aos seus clientes aplicações para estes fins, os que ainda não as disponibilizam não tardarão a fazê-lo. É uma tendência e, como todas as tendências, será adotada na globalidade.

Podia dissecar ao pormenor estas aplicações, mas isso já foi feito em tantos artigos que me sinto compelido a destacar aquela que me parece ser a principal vantagem para quem pretende adquirir serviços ou produtos. A vantagem das compras online é de ter esse poder na palma das mãos, em qualquer momento. Por exemplo, podemos estar de visita a uma loja ou uma empresa e não comprar na sua loja física, mas antes na loja online, porque muitas vezes existem descontos, existem promoções e incentivos para as compras online. Em alguns casos, até se pode comprar na loja online e levantar o produto na loja onde nos encontramos, poupando os portes de envio.

Há imensas aplicações em qualquer "playstore" ou "appstore", para viajar de comboio, para comprar bilhetes de concertos, para jogar ou trabalhar. Já tive oportunidade de o dizer há muito tempo e continuo a afirmar, o futuro é, sem dúvida, mobile.

Ricardo Lage