Opinião.31 Jan 2013

IMAGIN:A:ÇÃO

Já tive a oportunidade de escrever, ainda que de forma leve, sobre a evolução tecnológica e a velocidade a que vivemos nos dias de hoje e, sendo um assunto que me atrai, sobretudo por me aperceber que muitos de nós, humanos, não somos capazes de parar, respirar e apreciar o que nos rodeia, "de quando em vez" gosto de cá retornar. Posto isto, hoje trago-vos a desconstrução da imaginação.

Já dizia Fernando Pessoa, "Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce". Para que uma obra nasça existem diversos caminhos a percorrer, mas, tal como nos primeiros passos de uma criança, a orientação é sempre bem-vinda.

O maior motor do nosso mundo é o poder da imaginação, sendo o seu combustível a vontade. A vontade em fazer mais, fazer melhor, fazer diferente. Aliando esta vontade com a inspiração, criam-se ideias, imagina-se. Este é o primeiro passo para evoluir a nossa casa, a nossa vida, o nosso planeta. Imaginar, sonhar com o que queremos, traçar um plano ou apenas ?levar com uma maçã?, é o cabeçalho da receita do sucesso. O primeiro passo de tudo é pensar no que existe e no que está por desvendar, se funciona tal como foi criado e como ficaria melhor.

Depois de existir uma ideia, é necessário "transformá-la" numa receita e é preciso passar à ação. Este passo pode ser dado por nós, criando o produto da nossa imaginação, ou procurando a orientação de pessoas formadas na área à qual queremos aceder. Não é preciso ser-se um génio para se ter uma ideia, mas é preciso trabalhar com as pessoas certas para a desenvolver e tornar um sucesso.

O que relaciona então o imaginar, o agir, com o primeiro parágrafo deste texto? O que une o parar e apreciar a vida com a imaginação? Talvez nada, talvez tudo, mas se soubermos colocar um travão no nosso quotidiano poderemos encontrar uma só imagem, a imagem que pode mudar tudo.

Ricardo Lage