Opinião.18 Jul 2013

Festivais no Bolso

Com o verão chegam os concertos mais apetecíveis e a romaria é aos milhares. Surgiram então, para facilitar a vida aos festivaleiros, "apps" para muitos dos principais festivais do nosso país.

O tiro de partida foi dado pelo Optimus Alive no último fim de semana, mas muitos se seguirão. Quem costuma navegar pelas "app stores" apercebeu-se da existência de uma aplicação para iOS e Android, que não sendo uma estreia, trouxe algumas novidades. A que mais se destacava foi sobre o concurso de bandas e DJ?s que iriam atuar no evento. A aplicação já permitia ouvir e ver as participações de outras bandas, selecionar por votos ou ordem alfabética ou partilhar nas redes sociais. A isto junta-se um mapa do recinto, o cartaz e muitas outras informações úteis.

Este fim de semana temos o MEO Marés Vivas em Vila Nova de Gaia e sim, também existe uma aplicação móvel, que além de disponibilizar as informações habituais permite ver as fotografias publicadas pelos utilizadores. Disponível para Android.

A sul, temos também este fim de semana o Super Bock Super Rock (SBSR). A aplicação apresenta as novidades, o recinto, vídeos e favoritos, além de notícias, vídeos dos artistas do cartaz e opções de personalização. Disponível para Android e iOS.

MEO Sudoeste, MEO Out Jazz são outros dos eventos que têm aplicações próprias. Disponível para iOS e Android.

Se não encontrarem uma aplicação exclusiva do festival que pretendem têm sempre a "app" "FestivALL". O objetivo é concentrar todas as informações de todos os festivais numa aplicação só, algo ainda por atingir, mas não deixa de apresentar informações interessantes sobre o Optimus Alive, MEO Sudoeste, MEO Marés Vivas, Festival Músicas do Mundo Sines, Milhões de Festa, Vodafone Paredes de Coura, Sumol Summer Fest, Super Bock Super Rock e EDP Cool Jazz.

A principal vantagem desta aplicação é permitir funcionar offline pelo que permite aceder a todos os recursos disponíveis (com exceção dos vídeos) mesmo quando a Internet não está ligada. Está disponível para Android.

Com os festivais no bolso já não teremos razões para chegar atrasados e perder concertos.

Ricardo Lage