Energia Wireless

Opinião.15 Nov 2013

Energia Wireless

As conexões wireless representam indubitavelmente um dos grandes avanços que a tecnologia nos permitiu nas últimas décadas: sem a necessidade de recorrer a cabos, tornou-se mais prático o acesso a vários serviços de rede, a partir de diversos locais e em múltiplos dispositivos. Em jeito de brincadeira (ou não) já muita gente deverá ter afirmado que o ideal seria também recarregar via wireless a bateria do seu telemóvel, tablet ou e-reader.

Talvez por terem ouvido esse tipo de afirmação inúmeras vezes, ou de apenas terem discutido a possibilidade, investigadores da universidade de Duke (Carolina do Norte, Estados Unidos) desenvolveram um circuito composto por cinco placas de fibra de vidro, capaz de converter em energia elétrica ondas provenientes de sinais wi-fi, micro-ondas ou som.

Allen Hawkes, Alexander Katkor e Steven Cummer criaram um sistema gerador de energia elétrica com uma eficiência que ronda os 37% (semelhante à energia solar). Este feito poderá hipoteticamente fazer com que dispositivos móveis convertam em energia elétrica os sinais de rede wi-fi que não são aproveitados e assim, recarregar a respetiva bateria. Há também a possibilidade de o sistema não ser integrado diretamente no dispositivo: ao ser aplicado no teto de uma sala por exemplo, torna-se viável a recuperação e reenvio de dados wi-fi para vários aparelhos domésticos.

Segundo os investigadores, o sistema que desenvolveram capta sinais de dados e converte-os em energia elétrica com uma voltagem de 7,3 V. Em comparação com carregadores USB, que usam voltagens na ordem dos 5V, são 2.3 V a mais.

Com os devidos melhoramentos, este sistema ao ser implementado num smartphone permitirá ao dispositivo auto-recarregar a sua bateria quando o mesmo não estiver em uso, tanto dentro como fora de casa. Para atingir esse tipo de autonomia seriam convertidos em energia elétrica sinais provenientes não só de redes domésticas, mas também de redes externas, tais como antenas de rede de operadoras móveis, ou satélites. Imagine poder utilizar um telemóvel por dias a fio, mesmo quando não há acesso a energia elétrica, como num acampamento por exemplo, ou a meio de uma viagem.

Fonte:
http://www.pratt.duke.edu/news/wireless-device-converts-lost-energy-electric-power

Tony Oliveira