AMP Project

Opinião.10 Mar 2016

AMP Project - Acelerador de páginas mobile

A forma como se acede diariamente à informação mudou e hoje as pessoas consomem uma quantidade considerável de notícias através do seu smartphone ou tablet. A expectativa dos leitores é que o conteúdo carregue rapidamente mas a realidade é bem diferente. A espera pode ser desesperante e por cada vez que a página demora a carregar é provável que as editoras percam um leitor e a oportunidade de gerar receitas publicitárias e de arrecadar mais subscrições.
Os dados mostram que a taxa de rejeição pode ser de 58% para páginas que levam cerca de 10 segundos para carregar e que os utilizadores abandonam os sites passados apenas 3 segundos se o conteúdo não carregar rapidamente.

O QUE É AMP?

Accelerated Mobile Pages
ou AMP é uma iniciativa "open source" que surgiu da necessidade de melhorar todo o ecossistema de conteúdo e web móvel. São páginas web destinadas a carregar instantaneamente permitindo que os editores melhorem a velocidade de carregamento de notícias e, consequentemente, a experiência do utilizador sem sacrificar qualquer receita publicitária.
De acordo com os testes da Google, uma página AMP é carregada em média 4x mais rápido e tem um décimo do tamanho habitual, economizando o consumo de pacote de dados.
Com quase 4 meses de existência, o projeto já conta com a colaboração de cerca de 190 editoras e de 25 empresas de tecnologia por todo o mundo - ver lista.
Ainda que em constante atualização, o projeto AMP não suporta todas as páginas e experiências de utilizador. Atualmente é projetado principalmente para sites de publicações e de conteúdo, ou seja, não é para já adequado a sites e-commerce, por exemplo.

COMO FUNCIONA?

Quando o utilizador pesquisa por um tema através do seu smartphone, os resultados AMP aparecem com o título "Top stories" em formato carrossel. Ao selecionar uma notícia esta carrega quase instantaneamente e se o utilizador fizer "swipe" outro artigo relacionado é carregado. Para já só está disponível se fizer a sua pesquisa através do "google.com" usando um browser versão mobile mas segundo a empresa os resultados AMP em Android e iOS apps estão para breve.Accelerated Mobile Pages são páginas HTML mas com um conjunto limitado de funcionalidades técnicas definidas pela especificações da "open source". Como qualquer página web, as AMP são carregadas pelo browser mas priorizam a velocidade de modo a proporcionar uma experiência mais rápida aos utilizadores.
O rápido carregamento de conteúdo em dispositivos móveis é conseguido devido ao pré-processamento do conteúdo, limitando o uso de JavaScript e ao armazenamento em cache, que altera o método de pesquisa da Google que até aqui era feito através dos servidores dos publicadores.
Aqui fica um pequeno vídeo de introdução que explica melhor o funcionamento do projeto - Intro to AMP.

GOOGLE AMP VS. FACEBOOK INSTANT ARTICLES VS. APPLE NEWS
São três abordagens que tentam resolver o mesmo problema da forma mais vantajosa para cada empresa. A principal diferença do projeto AMP, é que este foi desenvolvido como "open source" e pode ser utilizado por outras plataformas. O repositório com toda a documentação é disponibilizado no Github para que consiga integrar o seu conteúdo.
O Facebook Instant Articles reduz o tempo de carregamento em certos artigos que aparecem na sua app, é possível identificá-los através de um pequeno símbolo com um raio, no entanto mantém o leitor no seu ecossistema e este precisa de estar registado. De momento está disponível apenas para os editores que participam no programa beta mas a partir de 12 de abril o Facebook irá permitir o acesso ao seu programa a qualquer editor. Deixo aqui a documentação sobre os Instant Articles.
O formato Apple News tem uma abordagem semelhante à do Facebook, ou seja, de encaminhar o utilizador para a sua própria plataforma e produtos. Tanto num caso como no outro os editores não têm controle sobre a descoberta do seu conteúdo por parte dos utilizadores.
No entanto, seja qual for a abordagem, quem fica a ganhar é o utilizador que consegue através de diversos ambientes navegar entre notícias sem ter de esperar e desesperar.

Recursos Adicionais

Página Oficial AMP
Blog Oficial AMP

Catarina Acúrcio